Saque Calamidade FGTS: Todas Informações Necessárias!

Saque Calamidade FGTS: O que é e Como Solicitar?

Anúncios

Em caso de desastres, o saque calamidade FGTS surge como uma alternativa para ajudar nesses momentos tão difíceis. Desse modo, é de extrema importância conhecer as principais características dessa opção que poderá ajudar você e sua família em um momento complicado. 

Sendo assim, as chuvas e enchentes no estado do Rio Grande do Sul tem causado muitos danos. Portanto, o saque calamidade FGTS está disponível para aqueles que vivem na área, para que o dinheiro possa auxiliar em meio a essa situação difícil que ainda não terminou. 

Anúncios

Portanto, você conhecerá as características do saque calamidade FGTS e aprenderá a solicitá-lo. Dessa maneira, poderá usar o dinheiro para os fins que achar necessário. Contudo, vale ressaltar que essa modalidade de saque do FGTS possui algumas restrições que você precisa conhecer. 

Saque calamidade FGTS: O que é?

saque calamidade fgts
O saque calamidade FGTS é uma alternativa para momentos atípicos (imagem: reprodução

O FGTS tem uma importância muito grande na vida do trabalhador brasileiro com carteira assinada. Dessa forma, você precisa conhecer o funcionamento deste serviço que impacta positivamente tantas vidas e poderá ajudar em um momento de dificuldade. Portanto, vale destacar que o saque calamidade FGTS é uma das modalidades deste benefício. 

Anúncios

Desse modo, o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) faz parte dos direitos que os trabalhadores com carteira assinada têm no Brasil. Dito isso, o benefício é recolhido todo mês é depositado pelo empregador e equivale a 8% da remuneração do trabalhador. Para mais, você poderá conferir em seu holerite o valor depositado em seu FGTS. 

A Caixa Econômica Federal é a maior instituição financeira da América Latina e o lugar onde acontece o depósito de seu FGTS, em uma conta especial para este fim. Sendo assim, no final do ano você terá quase um salário inteiro em seu FGTS, pois todo mês acontece o depósito de 8% do valor. 

Portanto, vale destacar que o FGTS tem como principal objetivo auxiliar o trabalhador que teve sua demissão sem justa causa. Dessa maneira, o fundo de garantia funciona como uma espécie de reserva de emergência que será de grande utilidade para o trabalhador que acabou de passar por uma demissão. 

Além disso, o FGTS tem outras aplicações, como abater o valor de um imóvel comprado pelo trabalhador, sem necessidade de demissão. Para mais, ainda é possível sacar uma parte de seu fundo de garantia anualmente ao optar pelo saque aniversário. Desse modo, o FGTS poderá ter diversas utilidades na vida dos brasileiros. 

Saque calamidade

Primeiramente, é essencial dizer que o saque calamidade FGTS é uma alternativa viável disponível apenas em certas situações. Portanto, você precisa conhecer suas características antes de fazer a solicitação, para ter certeza que se enquadra nos requisitos.

Sendo assim, o estado do Rio Grande do Sul está passando por momentos muito difíceis com chuvas e enchentes. Dessa forma, foi decretado o estado de calamidade pelo governo do estado, o que logo foi reconhecido pelo Governo Federal também. Assim, os trabalhadores com carteira assinada que são residentes das áreas afetadas poderão solicitar o saque calamidade do FGTS

Desse modo, o saque terá o valor do saldo disponível no momento que a situação for feita. Entretanto, o governo limita o saque a R$6.220,00 para cada evento considerado um desastre natural. Além disso, deve existir um intervalo entre um saque calamidade e outro, sendo este de no mínimo 12 meses. Além disso, não deixe de conhecer todas as modalidades do FGTS em seu site (www.fgts.gov.br/Pages/default.aspx).

Quanto às pessoas que têm direito ao saque calamidade, vale destacar que estas deverão cumprir alguns requisitos. Dito isso, os moradores das áreas afetadas que tiveram seus imóveis alagados ou interditados poderão fazer a solicitação quando identificados pela defesa civil. Para mais, também é preciso possuir saldo em seu FGTS e não ter solicitado o saque calamidade nos últimos 12 meses. 

Dessa maneira, assim que você registrar a sua solicitação, poderá escolher a conta da Caixa ou até mesmo de outra instituição para receber o valor. Vale destacar que o processo todo não tem custo e você faz ele de maneira totalmente online. 

O que são desastres naturais? 

Para saber quando você pode acionar seu saque calamidade FGTS, é importante ter em mente quais são os tipos de desastres naturais. Desse modo, conhecer os desastres naturais que podem colocar  uma área em estado de emergência é muito relevante. 

Sendo assim, um desastre natural diz respeito a um grande evento físico que gera muito risco. Dessa forma, considera-se um desastre natural quando este evento físico de grandes proporções gera um elevado número de vítimas e destruição de propriedades. Para mais, os desastres naturais podem ou não ter influência humana. Quando eventos dessa categoria acontecem em áreas desabitadas e não causam danos a propriedades, são chamados de eventos naturais. 

Portanto, o saque calamidade FGTS considera desastres naturais: tornados e trombas d’água, vendavais intensos, furacões, ciclones tropicais, tempestades, precipitações de granizos, inundações, enchentes, enxurradas, alagamentos e colapso de barragens. Portanto, essas são algumas situações onde acontece a liberação do saque calamidade para os trabalhadores das áreas onde o desastre natural ocorreu. 

Dessa maneira, desastres naturais são eventos trágicos e que geram muitos danos. Nesses casos, a Caixa Econômica Federal entende que é o momento de oferecer suporte para os trabalhadores da área afetada por meio do saque calamidade. Entretanto, é preciso ressaltar que esta modalidade de saque do FGTS permite apenas um saque a cada 12 meses. Para mais, aprenda o que são benefícios sociais que poderão ajudar muito no dia a dia.

Como solicitar

Existem duas formas de fazer a solicitação do saque calamidade FGTS: de maneira online ou presencialmente através de uma agência. Desse modo, conhecer ambas as formas poderá ter grande utilidade. Os processos para a solicitação do saque calamidade são simples e práticos e não demora para você receber seu dinheiro. 

Primeiramente, para fazer o saque calamidade online, você precisará primeiro baixar o app FGTS. Ao fazer seu login no aplicativo do FGTS, basta ir até o campo “Meus Saques”. Sendo assim, o próximo passo é selecionar a opção “Outras Situações de Saque” e então “Calamidade Pública”.

Dessa forma, você deverá informar o município onde fica localizada sua residência e então clicar em “Continuar”. Para mais, o aplicativo irá confirmar se sua residência está em uma área afetada para então te direcionar para a página onde você terá que informar uma conta bancária para receber o valor ou, se preferir, liberar um saque presencial. 

Para mais, as últimas duas etapas da solicitação do saque calamidade online são anexar os documentos requisitados pelo app e confirmar sua solicitação. Sendo assim, o processo acontece na palma da sua mão e não levará mais que alguns minutos para você finalizar sua parte. 

Dito isso, também é possível fazer a solicitação do saque calamidade FGTS presencialmente em uma agência da Caixa. Dessa forma, você precisará levar alguns documentos: comprovante de residência (deve estar em nome do trabalhador e a emissão deve ter no máximo 120 dias), documento de identificação, CPF e CTPS física ou digital (ou comprovante do vínculo empregatício). Caso não possua o comprovante de residência, o trabalhador poderá entregar uma declaração com todas as suas informações pessoais emitido pelo governo municipal em papel timbrado. 

Conclusão sobre saque calamidade

O saque calamidade FGTS é uma modalidade de saque de fundo de garantia acionada por trabalhadores com carteira assinada em situações de desastres naturais. Dessa forma, o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço é um direito dos trabalhadores CLT e surgiu como uma reserva de emergência. 

Sendo assim, o saque do FGTS integral acontece apenas quando o trabalhador passa por uma demissão sem justa causa. Contudo, existem outras formas de ter acesso ao FGTS, como o saque aniversário e a possibilidade de abater valores na compra de um imóvel, por exemplo. 

Além disso, os trabalhadores em áreas afetadas por desastres naturais podem acionar o saque calamidade. O valor máximo de saque para essa modalidade é de R$6.220,00 e você não poderá acionar o mesmo benefício duas vezes em um espaço de 12 meses. Desse modo, é necessário conhecer as situações que são consideradas desastres naturais onde é possível contar com o saque calamidade FGTS.

Além disso, você consegue fazer o saque desta modalidade tanto de maneira online quanto presencial. Portanto, para fazer a solicitação online é preciso ter o aplicativo do FGTS em mãos, enquanto que presencialmente você precisará levar determinados documentos até uma agência da Caixa. 

Por fim, o saque calamidade é uma maneira que a Caixa Econômica Federal encontrou de prestar suporte aos trabalhadores que vivem em áreas afetadas por desastres naturais. Por mais que existam restrições de valor e do tempo para realizar um novo saque, este é um benefício que poderá fazer a diferença em uma situação difícil. 

Rolar para cima

Ao continuar navegando, você concorda com nossos Termos de Uso e Polí­tica de Privacidade.